Porque sabemos que …

O período de transição para a vida ativa é muito complicado;

É frequente os jovens sentirem-se perdidos sobre onde procurar/como fazer, etc;

A procura de trabalho deve ser um emprego a tempo inteiro;

 

Desenvolvemos dois grandes grupos de atividades:

– Promoção de Técnicas de Procura Ativa de Emprego para os alunos finalistas: onde/como procurar emprego; como responder a um anúncio de emprego; como elaborar um currículo; como elaborar uma carta de apresentação; como se preparar para uma entrevista de emprego; como se candidatar a estágios profissionais e a outros apoios nacionais à empregabilidade; como se candidatar a programas de apoio ao empreendedorismo e à criação do próprio emprego;

– Dinamização do Observatório de Colocação no Mercado de Trabalho: continuar a acompanhar os antigos alunos, conhecer o seu percurso e promover a sua empregabilidade (divulgação de ofertas de emprego, auxílio na redação dos documentos necessários para o concurso a anúncios, auxílio na preparação para entrevistas de emprego e orientação na procura ativa de emprego).

empregabilidade